ENVIAR A UMA AMIGO

X

Resultados da EDP Renováveis 9M 2015

Resultados da EDP Renováveis 9M 2015

Receitas aumentam 16% para 1.100 milhões de euros eEBITDA 22% para 782 milhões de euros. A capacidade instalada atingiu 9,2 GW em 10 mercados.

Madrid, 28 de outubro de 2015: A EDP Renováveis (Euronext: EDPR), líder global no setor de energias renováveis e o quarto maior produtor mundial de energia eólica, anunciou hoje que, à data de 30 de setembro de 2015, geria um portfólio global de 9,2 GW de capacidade instalada, em 10 países. Ao longo dos últimos 12 meses, a EDPR aumentou em 616 MW a sua capacidade instalada, da qual 70% se encontra localizada nos EUA.

Ao longo dos três primeiros trimestres de 2015, a EDPR assegurou o fornecimento de 15,0 TWh de energia não poluente face a 14,4 TWh, no mesmo período do ano transato, com um efeito positivo no aumento de capacidade (+1,1 TWh), o que compensou em muito o fraco recurso eólico durante este período.

Nestes 9 meses, as receitas atingiram 1.100 milhões de euros, aumentando, face ao mesmo período de 2014, 16%, dos quais 4% são justificados pelo aumento do volume (+37 milhões de euros em termos homólogos), 3% pelo aumento dos preços de venda (+31 milhões de euros face ao mesmo período de 2014), devendo-se os restantes 9% a transferências cambiais (+80 milhões de euros face ao período homólogo de 2014, sobretudo em dólares).

O preço médio de venda do período em análise foi 10% superior ao preço médio de venda no mesmo período de 2014, aumentando para 65 euros/MWh, beneficiando do impacto positivo do aumento do preço médio de venda em todas as plataformas.

O EBITDA registou um aumento de 22% em termos homólogos para 782 milhões de euros com uma margem EBITDA de 72%. O EBITDA do período teve um impacto positivo de cerca de 40 milhões de euros de eventos não recorrentes (face a +1 milhão de euros no período homólogo) sobretudo devido aos ganhos (102 milhões de euros) derivados da aquisição do controlo de alguns ativos da ENEOP e de 65 milhões de euros em anulação de ativos, na sequência da concentração de esforços de desenvolvimento em regiões com sólidos fundamentos económicos. Os resultados antes de encargos financeiros e impostos durante o período totalizaram 374 milhões de euros (+22% face a período idêntico do ano transato), devido ao resultado da evolução do EBITDA e ao aumento de 76 milhões de euros dos custos com amortizações.

Durante o período de janeiro a setembro de 2015, a EDPR apresentou um resultado líquido de 100 milhões de euros (face a 53 milhões de euros no mesmo período do ano anterior), enquanto o lucro líquido ajustado aumentou 19%, em termos homólogos, para 62 milhões de euros.

O cash flow operativo atingiu 536 milhões de euros (face a 549 milhões de euros em termos homólogos). Neste período, a EDPR encaixou 160 milhões de dólares das estruturas de financiamento institucional de tax equity e assinou, em outubro de 2015, uma parceria institucional adicional pelo valor de 240 milhões de dólares.