ENVIAR A UMA AMIGO

X

Resultados EDP Renováveis 1º Trimestre 2015

Resultados EDP Renováveis 1º Trimestre 2015

Madrid, 6 de maio de 2015: A EDP Renováveis (Euronext: EDPR), líder mundial do setor das energias renováveis e o quarto maior produtor mundial de energia eólica, anunciou hoje que, no primeiro trimestre de 2015, a empresa forneceu 5,8 TWh de eletricidade limpa vs. 6,1 TWh no período homólogo de 2014, essencialmente devido a uma diminuição dos recursos eólicos, cujo impacto negativo foi excessivamente compensado pelo crescimento dos preços de venda (+15% face ao primeiro trimestre de 2014), contribuindo para a evolução positiva do comportamento financeiro no referido período.

No final de março de 2015, a EDPR geria uma carteira global de 9,0 GW de capacidade instalada espalhada por 10 países, que aumentou 456 MW nos últimos 12 meses. Atualmente, a EDPR possui 601 MW distribuídos por projetos eólicos terrestres em construção: 399 MW nos Estados Unidos, 120 MW no Brasil e 82 MW na Europa.

No referido período, as receitas totalizaram os 418 M€ (+10% face ao período homólogo de 2014), essencialmente suportadas por um aumento do preço de venda (+22 M€) e pelas transações de divisas (+30 M€, principalmente nos EUA) que compensaram o efeito negativo da queda dos volumes (-16 M€).

O preço de venda médio (65 EUR/MWh) foi 15% superior por comparação com o ano anterior, beneficiando do aumento no preço de venda médio em todas as plataformas. Na Europa, o aumento (+8%) deveu-se principalmente à subida do preço no mercado espanhol, enquanto na América do Norte, o aumento de 10% (em USD) está de acordo com a evolução dos preços dos contratos de compra e venda de eletricidade (+2% a.a.) e beneficiou da gestão ativa das vendas da produção sem contrato a longo prazo, com um incremento no preço de 71%, por comparação com o ano anterior.

O EBITDA registou um aumento de 10% para 319 M€ (com uma margem de EBITDA de 76%), o que reflete a repercussão positiva das receitas e dos custos de exploração estáveis por MW operativos.

O EBIT registou um aumento de 9% para 195 M€, em relação ao período homólogo do ano anterior, como resultado do excelente desempenho do EBITDA e de um crescimento de 12% nos custos de amortização.

No total, o lucro líquido registou um crescimento de 7% para os 70  M€.

No primeiro trimestre de 2015, o cash flow de exploração ascendeu a 220 M€ (+7% a.a.), graças à qualidade dos ativos da EDPR e à sua excelência operacional. O investimento líquido atingiu os 162 M€, um valor que reflete os investimentos realizados durante o período.

Também no primeiro trimestre do ano, a EDPR realizou uma operação destinada à venda de uma participação minoritária numa unidade solar fotovoltaica com capacidade de 30 MW. Em abril de 2015, recebeu 348 M$ no âmbito do acordo de rotação de ativos com a Fiera Axium (formalizado no terceiro trimestre de 2014). A EDPR executou até ao momento mais de 70% da sua meta global de rotação de ativos no valor de 700 M€ para o período compreendido entre 2014 e 2017.

Consulte aqui o Handout dos Resultados 1T2015