ENVIAR A UMA AMIGO

X

EDP Renováveis entra no índice FTSE4Good

EDP Renováveis entra no índice FTSE4Good

A EDP Renováveis (EDP Renováveis, Euronext: EDPR), líder mundial no sector das energias renováveis e a terceira maior produtora mundial de energia eólica, passou a integrar o FTSE4Good após a revisão realizada pelo gestor do comité deste índice em Setembro. O FTSE4Good é um índice bolsista que inclui empresas que se destacam pelas suas práticas sustentáveis e políticas de responsabilidade social corporativa. A EDP Renováveis, que ocupa a nona posição do índice, é a única companhia do sector energético entre os 22 novos membros que passaram a integrar o FTSE4Good na passada sexta-feira, dia 16 de Setembro.

Desde que foi criado em 2001, o FTSE4Good tem como objectivo ser uma útil ferramenta para os investidores responsáveis, identificando oportunidades de investimento em empresas que cumpram princípios de responsabilidade corporativa reconhecidas a nível mundial. Este índice oferece também aos gestores de investimento um índice de referência para investimentos responsáveis e uma ferramenta para os produtos de investimento responsáveis. Por último, o FTSE4Good fomenta o desenvolvimento de práticas empresariais responsáveis em todo o mundo. A composição do FTSE4Good é revista duas vezes por ano, uma em Março e a outra em Setembro.

Para que pertençam ao Índice FTSE4Good, as empresas devem fazer parte do Índice FTSE All World Developed. As empresas candidatas devem cumprir uma série de requisitos em cinco diferentes áreas: trabalhar em prol da sustentabilidade meio ambiental, respeitar e apoiar os direitos humanos, garantir umas boas condições de trabalho no que diz respeito ao fornecimento, combater subornos, assim como mitigar e adaptar-se às mudanças climáticas.

Ana Maria Fernandes, conselheira delegada da EDP Renováveis declarou: “Fazer parte do FTSE4Good é, sem dúvida, um grande reconhecimento do trabalho realizado, ano após ano, por todas as pessoas desta companhia para posicionar a EDPR como um líder mundial nesta área”.

O processo de avaliação ao qual se submeteu a EDP Renováveis para fazer parte do FSTE4Good foi realizado pela companhia ECODES que, desde a entrada da EDP Renováveis na bolsa, é a encarregada de avaliar os processos financeiros. Esta avaliação baseia-se na informação pública disponível elaborada pela empresa.