ENVIAR A UMA AMIGO

X

EDP Renováveis regista subida de 31% do EBITDA para 713 milhões de euros no exercício de 2010

EDP Renováveis regista subida de 31% do EBITDA para 713 milhões de euros no exercício de 2010

A EDP Renováveis (Euronext: EDPR), líder global no sector da energia renovável e o terceiro maior produtor mundial de energia eólica, anunciou hoje um aumento de 1.1GW (ou 20%) de capacidade durante 2010, atingindo um total de 6.7GW de capacidade instalada a nível mundial. A produção de electricidade da empresa aumentou 32%, atingindo 14.4TWh. A EDPR conseguiu ainda manter de uma forma geral os factores de carga (load factors) nos 29%, dos mais elevados do sector, o que vem sublinhar a qualidade e a diversificação do portfolio de activos operacionais.

O resultado bruto subiu 31% para 948 milhões de euros em 2010, em linha com a produção de electricidade e a estabilidade de preços. A margem de EBITDA, estabilizada nos 75%, reflectindo a eficiência operacional, foi o suporte para um crescimento de 31% do EBITDA para 713 milhões de euros.

Os custos financeiros totalizaram 147 milhões de euros devido ao aumento da dívida para financiar o crescimento da capacidade. Os custos de financiamento permaneceram controlados com uma taxa fixa de 5,2%, estando denominados em euros, dólares norte-americanos, zlótis polacos e reais brasileiros.

O resultado líquido para 2010 atingiu 80 milhões de euros. O cash flow operacional subiu 45% para 567 milhões de euros, reflectindo a capacidade de geração de fluxos dos actuais activos. Combinado com os fluxos resultantes de créditos fiscais nos EUA de 398 milhões de euros, o cash flow operacional totalizou aproximadamente 70% dos 1.4 mil milhões de euros do programa de capex de 2010.

Presentemente, a EDPR tem sob construção 649MW, dos quais 480MW são na Europa, 99MW nos EUA e 70MW no Brasil. Durante 2011, a EDPR espera acrescentar entre 800 a 900MW ao total de capacidade instalada.