ENVIAR A UMA AMIGO

X

Moray offshore renewables autorizada a desenvolver 1,116 mw de energia eólica offshore no estuário de moray firth

Moray offshore renewables autorizada a desenvolver 1,116 mw de energia eólica offshore no estuário de moray firth

Moray Offshore Renewables Ltd recebeu hoje a notícia de que o governo escocês concedeu autorização para a construção e operação de 1,116 MW de energia eólica offshore no estuário de Moray (Moray Firth).

O projeto que, segundo estimativas conservadoras do recurso eólico disponível, permitirá responder às necessidades de eletricidade equivalentes a cerca de 700.000 lares no Reino Unido, é composto pelos parques eólicos offshore de Telford, Stevenson e MacColl, cuja construção está prevista para 14 milhas (22 km) além da costa de Caithness.

João Manso Neto, CEO da EDP Renováveis, afirmou:

“Este é um passo fundamental não só para a concretização deste projeto, mas para o desenvolvimento de energia eólica offshore em águas mais profundas, mais afastadas da costa.

Este projeto irá fornecer ao Reino Unido um recurso significativo de nova geração num momento em que muitas centrais térmicas de energia elétrica estão em fim de vida, a capacidade de geração está a diminuir e os preços do gás estão a aumentar. Proporcionará maior segurança de abastecimento e maior independência dos consumidores face à volatilidade dos preços dos combustíveis fósseis.”

Benjamín Palomo, diretor executivo da Repsol Gas & Power, declarou:

“Estamos muito satisfeitos com a autorização por parte da Marinha escocesa ao parque eólico offshore Moray Firth. O projeto representa um investimento substancial e irá trazer benefícios significativos, não só para o Reino Unido como país, mas também para a economia local através da construção e operação. Continuaremos a garantir que s as nossas economias se alimentam de energia limpa e segura durante muitos anos.”

Dan Finch, diretor do projeto da Moray Offshore Renewables e Diretor da EDPR UK, comentou:

“Gostaria de agradecer a todas as pessoas que trabalharam connosco e estiveram envolvidas neste projecto, desenvolvendo propostas sustentáveis que não prejudiquem o ambiente, e o qual permitirá que a energia eólica offshore se desenvolva em simultâneo com as indústrias já estabelecidas da Moray Firth.

Estamos ansiosos por colaborar com as empresas que serão capazes de tirar proveito do novo mercado que o desenvolvimento eólico offshore irá trazer, e iremos anunciar uma série de eventos para envolvimento da indústria na área de Moray Firth para incentivar o desenvolvimento de uma cadeia de valor competitiva e inovadora.”

Ronnie Quinn, líder do The Crown Estate para o setor de Energia & Infraestruturas na Escócia, disse:

“Este é o segundo maior projeto de energia eólica offshore autorizado no Reino Unido, o que reflete a unidade e especialização do setor de energias renováveis escocês. Este desenvolvimento deverá ajudar o Reino Unido a manter a liderança mundial em energia eólica offshore e a criar diversas oportunidades para as empresas escocesas beneficiarem do crescimento da energia com baixas emissões de carbono. A nossa equipa está pronta para apoiar este projeto ao longo do seu desenvolvimento.”

  1. 1.       Sobre Moray Offshore Renewables Ltd

A Moray Offshore Renewables Limited (MORL) foi criada como uma joint venture detida em 67% pela EDP Renováveis ​​(EDPR) e 33% pela Repsol Nuevas Energias UK Limited (Repsol), com o objetivo de desenvolver a geração eólica offshore no Outer Moray Firth. MORL recebeu o direito de desenvolver energia eólica offshore no Outer Moray Firth como parceiro de desenvolvimento do The Crown Estate, durante a terceira parte do processo de licenciamento de energia eólica offshore.

Os principais pontos do desenvolvimento incluem:

  • Capacidade total de geração instalada: 1,116 MW
  • Número total de turbinas: até 62 turbinas de 6 MW a 8 MW de capacidade em cada um dos três locais
  • Área total: 295 km2
  • Altura máxima da pá da turbina: 204 m
  • Distância mínima da costa: 22 km (13,5 milhas).

O desenvolvimento projetado deverá ser capaz de cobrir as necessidades de energia elétrica equivalente a 688.000 lares no Reino Unido com base no consumo anual médio de eletricidade.

O pico de emprego durante a construção deverá ser de até 2.400 empregos na Escócia.

Durante o tempo de vida operacional do projeto, serão suportados até 330 empregos escoceses em atividades de operação e manutenção.

 

  1. 2.    Sobre a EDP Renováveis

A EDP Renováveis (Euronext: EDPR), com sede em Madrid, Espanha, é líder mundial no setor das energias renováveis, no qual projeta, desenvolve, administra e opera centrais de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis de energia. Com uma sólida carteira, bens de nível mundial e capacidade operacional líder de mercado, a EDPR tem registado um desenvolvimento excecional nos últimos anos.

Mais informações disponíveis em www.edpr.com.

 

  1. 3.    Sobre a Repsol

A Repsol é uma empresa integrada de petróleo e gás, com presença em mais de trinta países, empregando mais de 24.000 pessoas. Está presente ao longo de toda a cadeia de valor da energia, incluindo exploração, produção, refinaria, transporte, produtos químicos, vendas comerciais e novos tipos de energia. A Repsol é uma empresa global que trabalha para o bem-estar das pessoas e está um passo à frente na construção de um futuro melhor através do desenvolvimento de soluções de energia inteligentes.

Mais informações disponíveis em www.repsol.com.

 

  1. 4.    Sobre The Crown Estate

The Crown Estate gere os fundos marinhos do Reino Unido e apoia as energias renováveis offshore com um investimento de 100 milhões de libras em projetos destinados a acelerar o desenvolvimento e atrair investidores. Adicionalmente, proporciona conhecimento para apoiar as empresas de desenvolvimento, desde a fase de projeto e licenciamento até ao comissionamento. A sua equipa tem trabalhado em estreita colaboração com a EDP Renováveis e a Repsol desde 2010.