ENVIAR A UMA AMIGO

X

A nossa Estratégia

A ESTRATÉGIA DA EDPR ASSENTA EM TRÊS PILARES PRINCIPAIS

Em conformidade com as prioridades estratégicas do Grupo EDP — risco controlado, eficiência superior e crescimento orientado — a estratégia da EDPR assenta na rentabilidade superior suportada pelo desempenho dos seus principais ativos e crescimento seletivo através de um modelo de negócio auto-financiado. Para atrair novas oportunidades de crescimento e expandir as operações, é importante selecionar os melhores projetos, gerir o seu desempenho segundo padrões de excelência, e minimizar a dependência de fontes externas de financiamento.

EXCELÊNCIA OPERACIONAL
CRESCIMENTO SELETIVO
MODELO DE NEGÓCIO DE AUTO FINANCIAMENTO

A otimização do desempenho ao longo do ciclo de vida de cada projeto é uma prioridade-chave na EDPR. O know-how superior, por meio de uma equipa integralmente dedicada à análise de recursos eólicos, bem como as suas competências orientadas por modelos internos, impulsionam os resultados operacionais da EDPR a níveis acima do mercado, proporcionando fatores de capacidade líquida superiores e altos níveis de disponibilidade.

O foco da EDPR em métricas de alta eficiência operacional, a par de uma estratégia de O&M global, é crucial no controle de custos e essencial no alcance de métricas financeiras de qualidade.

 

origination_PT
Como primeira etapa do projecto, a EDPR identifica o local e garante posteriormente a concessão das garantias e licenças necessárias. Os contratos de transmissão, interconexão e exploração são a última parte desta fase.
execution_PT
A otimização do layout e o modelo proprietário fazem parte da fase de execução, tal como a engenharia aplicada pela equipa da EDPR, que demonstra o know-how técnico adquirido ao longo dos muitos anos de experiência no setor, a par de uma estratégia de aquisições diferenciadora.
operations_PT
Assim que o projeto está em comissionamento, as operações são um elemento chave para continuar a criar valor. Estas passam pela otimização do desempenho dos parques eólicos e maximização das receitas de vendas de energia, assim como a implementação de uma estratégia de O&M abrangente, como a EDPR tem feito ao longo dos últimos anos.

 

 

Para suportar este pilar estratégico, a EDPR estabeleceu três objetivos para o período de 2016-2020:

operationalexcellence_PT

Com mais de 10,4 GW de capacidade instalada em mais de 11 países, a abordagem da EDPR no sentido de crescer de forma rentável e criar valor sólido baseia-se numa estratégia de baixo risco em termos de preços da energia. Ao entrar em mercados com preços previsíveis, através de contratos de aquisição de energia de longo prazo (CAE), a EDPR consegue projetar o seu futuro antecipadamente e garantir uma visibilidade sólida do fluxo de caixa (cash-flow) estável dos projetos.

A capacidade instalada da EDPR exposta ao mercado grossista representa cerca de 10% do seu portefólio. A EDPR continua a procurar novos CAE de longo prazo, assim como contratos adjudicados em leilões de energia, uma vez que estes garantem preços previsíveis ao longo da vida útil dos projetos, permitindo à empresa definir seu futuro com antecedência e criar valor através de projetos com fluxos de caixa sólidos e visíveis.

Para o Plano de Negócios de 2016-2020, a EDPR tenciona adicionar 3,5 GW de capacidade, 90% dos quais em capacidade eólica onshore e 10% em capacidade solar PV, ambos com contratos de aquisição de longo prazo. O crescimento será focado na América do Norte, Europa e Brasil.

 

selectivegrowth_PT

A EDPR tem uma meta de investimento de 4,8 mil milhões de euros para o período de 2016-20, que será sustentada pelo fluxo de caixa dos ativos e reforçada com a estratégia de rotação de ativos. A EDPR implementou uma política financeira que valoriza a independência de fontes externas de financiamento para prosseguir a sua estratégia de crescimento. Em negócios de investimento intensivo, como é o caso das energias renováveis, é fundamental a visibilidade na capacidade da empresa para captar recursos para novos projetos de valor acrescentado enquanto estes ainda se encontram na fase final de desenvolvimento. Com esta abordagem, é de extrema importância garantir que o fluxo de caixa gerado pelos ativos já instalados é maximizado, uma vez que representará a principal fonte de financiamento para o crescimento da empresa.

Para alcançar este pilar estratégico, e ao mesmo tempo maximizar as oportunidades de crescimento, a EDPR implementou o programa de rotação de ativos. O objetivo é vender participações minoritárias em ativos operacionais com um perfil de baixo risco e reinvestir os lucros em novos projetos com maior valor acrescentado. Com uma execução bem-sucedida, a EDPR também cristaliza antecipadamente o valor do ativo e acelera o ciclo de criação de valor.

Adicionalmente, a EDPR visa sempre identificar financiamento externo para os seus projetos, nomeadamente através de estruturas de créditos fiscais (tax equity), habituais nos EUA, e através de estruturas de financiamento de projetos. O caso dos tax equity nos Estados Unidos também permite uma utilização eficiente dos benefícios proporcionados pelo projeto, melhorando assim o fundamental económico. No caso do financiamento de projetos, principalmente no Brasil, este é também um meio para contrair dívidas a longo prazo em moeda local e a custos competitivos, atenuando o risco de refinanciamento e reduzindo o risco cambial, através de uma cobertura de risco natural entre as receitas e as despesas.

 

selffunded_PT