Lucro da EDP Renováveis no 1ºS 2017 ascende a 988 M€

edpr news

Lucro da EDP Renováveis no 1ºS 2017 ascende a 988 M€

Quarta-feira 26, Julho 2017

Lucro da EDP Renováveis no 1ºS 2017 ascende a 988 M€ e o EBITDA alcançou os 719 M€ (ambos +11% vs 1ºS 2016)

A carteira de ativos, distribuída por 11 países, totaliza 10,4 GW

Lisboa, 26 de julho 2017: A EDP Renováveis (Euronext: EDPR), líder mundial no setor das energias renováveis e um dos maiores produtores mundiais de energia eólica, anunciou hoje que, a 30 de junho de 2017, a empresa geria um portfólio total de ativos de 10,4 GW distribuídos por 11 países, dos quais 10,1 GW foram integralmente consolidados e 356 MW foram consolidados pelo método de equivalência patrimonial (participações em Espanha e nos EUA). Durante o último ano, foram adicionados mais 707 MW à sua capacidade instalada (428 MW nos EUA, 200 MW no México, e 79 MW na Europa).

Entre janeiro e junho de 2017, a EDPR forneceu 14,5 TWh de eletricidade limpa, mais 9% que em 2016, tendo evitado a emissão de 12 mt de dióxido de carbono (CO2). O aumento da produção beneficiou, sobretudo, do aumento da capacidade (+8% face à capacidade média registada no ano passado) e do recurso eólico médio. O fator de utilização registado no primeiro semestre de 2017 foi 34%.

Resultados financeiros
A EDPR registou receitas totais no valor de 988 milhões de euros durante o primeiro semestre de 2017 (um aumento de 11% em relação a 2016). O preço de venda médio durante a primeira metade do ano manteve-se nos €60/MWh, tendo sido observado um aumento do preço de venda na Europa (mais 4% em relação ao ano anterior), o mesmo preço de venda na América do Norte, e uma redução do preço de venda no Brasil (menos 16% que em 2016).

O EBTIDA semestral subiu 11% para 719 milhões de euros, devido ao aumento da produção, em relação ao ano anterior, e apesar do aumento de outros custos adicionais (que incluem os impostos). Isto resulta principalmente da maior capacidade em operação. O EBIT aumentou para 459 milhões de euros, o que traduz um aumento de 30% face a 2016, que resulta de menores custos de depreciação e amortização, incluindo imparidades e o líquido das subvenções governamentais.

A depreciação e a amortização desceram 12% em relação a igual período do ano passado, o que reflete a alteração do plano de depreciação de 25 para 30 anos, que compensa o impacto da maior capacidade de operação.

O lucro líquido obtido entre janeiro e junho de 2017 foi de 134 milhões de euros, enquanto o lucro líquido ajustado aumentou 16%, tendo alcançado os 122 milhões de euros (elementos não-recorrentes: 1H16 -€47m; 1H17 + €12m, incluindo os impactos da atualização do plano de depreciação e reembolso).

O fluxo de caixa operacional situou-se nos 535 milhões de euros na primeira metade de 2017, (mais 13% em relação ao ano anterior) refletindo principalmente o desempenho do EBITDA. Em junho de 2017 a dívida líquida atingiu um total de 3130 milhões de euros (+€375M vs Dez-2016), enquanto que os Passivos com investidores institucionais decresceram para €1.129M (-€391M vs Dez-16).

| Sobre a EDP Renováveis (EDPR) |
A EDP Renováveis (Euronext: EDPR) é líder mundial do setor das energias renováveis e o quarto maior produtor mundial de energia eólica. Com uma sólida carteira de projetos em desenvolvimento, ativos da mais alta qualidade e uma capacidade de exploração líder no mercado, a EDPR tem protagonizado um significativo desenvolvimento nos últimos anos e está presente atualmente em doze mercados internacionais (Bélgica, Brasil, Canadá, Espanha, EUA, França, Itália, México, Polónia, Portugal, Reino Unido e Roménia). A Energias de Portugal, SA (“EDP”), o acionista principal da EDPR, é uma empresa de energia internacional, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade. A EDP integra os índices de sustentabilidade Dow Jones Sustainibility Index há 8 anos consecutivos.

Para mais informações, visite www.edpr.com