ENVIAR A UMA AMIGO

X

Resultados da EDP Renováveis nos primeiros nove meses de 2014

Resultados da EDP Renováveis nos primeiros nove meses de 2014

Madrid, 29 de outubro de 2014: A EDP Renováveis (Euronext: EDPR), líder global no setor de energias renováveis e o quarto maior produtor mundial de energia eólica, anunciou hoje que, durante os primeiros nove meses de 2014, assegurou o fornecimento de 14,4 TWh de energia limpa, um aumento de 5% da sua produção face ao mesmo período em 2013 (+0,6 TWh), assente num aumento da sua capacidade instalada (+0,4 TWh), bem como numa base de recursos eólicos estável em termos homólogos (+0,2 TWh), com um índice de produção média (load factor) até final de setembro de 2014 de 29%.

A 30 de setembro de 2014, a EDPR dispunha de uma capacidade instalada total de 8,6 GW em 10 países. Durante os últimos 12 meses, a EDPR adicionou 373 MW à sua capacidade instalada.

Nos primeiros nove meses de 2014, as receitas atingiram 930 milhões de euros (-4% face ao mesmo período em 2013) devido ao abrandamento do preço de venda de eletricidade na Europa e a diferenças cambiais (-10 milhões de euros, sobretudo em dólares e reais). O EBITDA desceu 6% em termos homólogos para 648 milhões de euros (margem EBITDA de 70%).

O preço médio de venda do período foi inferior em 8%, quando comparado com o período homólogo (59 euros/MWh). O impacto positivo do aumento do preço médio de venda nos EUA (+4%) e no Brasil (+11%) foi, em certa medida, encoberto pela queda do preço médio de venda na Europa (-13% no mesmo período em 2013), essencialmente devido às alterações regulatórias introduzidas em Espanha.

O resultado operacional (EBIT) caiu 11% em termos homólogos devido ao resultado do EBITDA e ao aumento de 1% dos custos com amortizações em termos homólogos (incluindo imparidades e líquido government grants).

Em resumo, o resultado líquido decresceu 45% face ao mesmo período do ano anterior para 56 milhões de euros, e o lucro líquido ajustado também baixou 43% em termos homólogos para 56 milhões de euros (ajustado para eventos não recorrentes, diferenças cambiais e mais-valias).

Durante os primeiros 9 meses de 2014, o cash flow operativo totalizou 549 milhões de euros (estável face ao mesmo período de 2013), acima dos investimentos líquidos durante o período (244 milhões de euros) e os pagamentos a fornecedores de ativos fixos tangíveis (PP&E) no valor de 158 milhões de euros.

Durante o terceiro trimestre de 2014 ocorreram alguns momentos significativos que confirmam, entre outros marcos importantes, o rumo excelente que a empresa está a seguir. A 30 de setembro de 2014, o programa de rotação de ativos está já 60% completo (€ 0,4 bn), sobretudo devido às duas últimas grandes transações de rotação de ativos realizadas: a venda de uma participação acionista minoritária num parque eólico nos EUA à Fiera Axium, em agosto de 2014, e a venda da participação acionista e de empréstimos acionistas referentes a um portfólio de parques eólicos em operação a um fundo gerido pelo banco de investimento EFG Hermes em outubro. A conclusão de ambas as transações está sujeita a aprovação pelo regulador e a outras condições. A execução destas transações irá posicionar a EDPR ainda mais próximo do seu objetivo de rotação de ativos em 2017. A empresa atingiu a excelência operacional com 97,5% de disponibilidade e gestão criteriosa de custos.

A empresa continuará a crescer tendo por base as três pedras angulares do seu plano estratégico para 2014-2017: crescimento seletivo, excelência operacional e autofinanciamento do negócio.

EDP Renováveis (EDPR)

A EDP Renováveis (Euronext: EDPR), com sede em Madrid, é líder mundial do setor das energias renováveis e o quarto maior produtor mundial de energia eólica. Com uma sólida carteira de projetos em desenvolvimento, ativos da mais alta qualidade e uma capacidade de exploração líder no mercado, a EDPR tem protagonizado um significativo desenvolvimento nos últimos anos e está presente atualmente em 12 mercados (Bélgica, Brasil, Canadá, Espanha, EUA, França, Itália, México, Polónia, Portugal, Reino Unido e Roménia). A Energias de Portugal, SA (“EDP”), o acionista principal da EDPR, é uma empresa de energia internacional, líder em criação de valor, inovação e sustentabilidade. A EDP é o maior grupo industrial português e a única empresa portuguesa que integra os índices de sustentabilidade Dow Jones Sustainibility Index (World e STOXX).