EDPR anuncia acordo de Rotação de Ativos de 800 milhões € para parques eólicos n

edpr news

EDPR anuncia acordo de Rotação de Ativos de 800 milhões € para parques eólicos n

Terça-feira 23, Abril 2019

EDPR continuará a prestar serviços operacionais e de manutenção nos ativos em questão

Madrid, 23 de abril de 2019: a EDP Renováveis (Euronext: EDPR), líder mundial no sector das energias renováveis e uma das maiores produtoras de energia eólica do mundo, assinou um Contrato de Compra e Venda com investidores institucionais assessorados por J.P. Morgan Asset Management(«JP Morgan») para a venda da totalidade da participação acionista do capital social e empréstimos acionistas pendentes relativos a um portefólio de ativos eólicos onshore com 997 MW de capacidade instalada (491 MW líquidos para a EDPR, com participação acionista de 51% na maior parte dos parques eólicos), no valor total de aproximadamente 800 milhões € (sujeito a ajustes habituais até ao fecho da transação). Foi também assinado um acordo pelo qual a EDPR irá prestar serviços operacionais e de manutenção no portefólio anteriormente indicado.

Mais concretamente, a transação abrange 388 MW em operação em França, 348 MW em operação em Espanha, 191 MW em operação em Portugal (parte dos ativos ex-ENEOP) e 71 MW em operação na Bélgica. Em media, este portefólio está em operação desde há 7 anos. Anteriormente, a EDPR já tinha vendido participações minoritárias nesses parques eólicos (2013, 2014 e 2016) e com este acordo está a alienar a sua participação total nestes projetos.

Com base no preço da transação e na dívida líquida externa pendente, o valor total da empresa, implícito para 100% dos ativos, totaliza 1,6 mil milhões de €, o que se traduz num múltiplo de valor empresarial implícito de 1,6 milhões €/MW. A transação está sujeita às condições reguladoras e a outras condições prévias. A sua conclusão está prevista para o 2.º trimestre de 2019.

O acordo de rotação de ativos anunciado hoje faz parte do programa de rotação de ativos para o período de 2019-22 previsto na atualização estratégica anunciada a 12 de março de 2019.

A venda de participações maioritárias de projetos em operação ou em desenvolvimento, continuando a prestar serviços operacionais e de manutenção permite à EDPR acelerar a criação de valor e obter lucros imediatos, reaproveitando o capital para reinvestir no crescimento gradual.