edpr news

EDP Renováveis garante projetos PPA num total de 59 MW em Espanha

Terça-feira 21, Abril 2020

Com este novo contrato, a EDPR já contratou um 80% da meta visada de aproximadamente 7 GW em capacidade global eólica e solar pretendida para o período de 2019-2022.

Madrid, 21 de abril de 2020: a EDP Renováveis, SA («EDPR»), líder mundial no sector das energias renováveis, e uma das maiores produtoras de energia eólica do mundo, através da sua filial EDP Renovables España S.L.U., assinou um contrato de compra e venda de energia elétrica (PPA, na sigla em inglês) com a Royal DSM,uma empresa científica globalem nutrição, saúde e vida sustentável, para fornecer 59 MW[1] de eletricidade renovável para as operações da empresa na Europa. A carteira é composta por um parque eólico e dois parques de energia solar, o que resulta numa redução de 45 kt CO2eq por ano.

O parque eólico de Las Herrerías (Saragoça) irá produzir 16 MW. Os restantes 43 MW[2] serão produzidos pelos parques solares de Acampo Arpal (Saragoça) e de Señora de la Oliva (Cádiz); todos os parques devem ser instalados em 2022/23. Com este novo contrato, em Espanha, a EDPR já garantiu PPAs de projetos que totalizam 148 MW a serem instalados em 2020-2023.

João Manso Neto, CEO da EDPR, comentou: «Apesar do contexto de saúde desafiador que enfrentamos atualmente, estamos muito contentes com o anúncio feito hoje. A DSM está na vanguarda da inclusão de práticas sustentáveis na sua atividade e estamos muito contentes com a nossa parceria.Este PPA recompensa o nosso compromisso de visarmos continuamente acordos corporativos com líderes industriais e é uma hipótese de aumentarmos o nosso pipeline num mercado fulcral para nós como a Espanha. Estamos firmes no nosso compromisso de continuar a crescer de forma responsável e com os objetivos claros de continuar a gerar valor para todos os nossos stakeholders e dar um contributo decisivo para a transição energética».

Harry Coorens, Vice-presidente da DSM Sustainable Procurement comentou: «Este é o maior contrato que a DSM já assinou até hoje e representa mais de 30% do nosso volume de eletricidade total adquirida na Europa. É um acordo marcante para a DSM na senda do nosso compromisso de obtermos 75% da nossa procura global de eletricidade de fontes renováveis até 2030. Estamos desejosos de continuar esta ação com a parceria da EDPR, promovendo a transformação para as energias renováveis.  Este é mais um exemplo da forma como procuramos ativamente alianças para reduzir as emissões de GEE e termos um mundo com baixas emissões de carbono para todos».

Até à data, a EDPR já contratou um 80% da meta visada de aproximadamente 7 GW em capacidade global eólica e solar pretendida para o período de 2019-2022, tal como foi anunciado na Atualização Estratégica em março de 2019. A EDPR irá continuar a analisar e a desenvolver projetos que cumpram os seus critérios de risco e rentabilidade internos.

O êxito da EDPR na contratação de novos PPAs reforça o seu perfil de baixo risco e a estratégia de crescimento com base no desenvolvimento de projetos competitivos e inovadores com visibilidade a longo prazo.

 

[1] Equivalente a 76 MWdc

[2] Equivalente a 60 MWdc