edpr news
Covid19_Colombia

EDPR faz donativos a comunidades indígenas de La Guajira afetadas pelo Covid-19

Segunda-feira 01, Junho 2020

Os donativos são feitos através da Gobernación de la Cuajira para aliviar a crise económica que a pandemia provocou nestas populações.

Bogotá, 1 de junho de 2020: a EDP Renováveis (EDPR), empresa líder mundial no sector das energias renováveis e um dos produtores de energia eólica mais importantes do mundo com presença na Colômbia, fez donativos de água potável, material médico e alimentos de primeira necessidade, para contribuir para o sustento das comunidades de Wayuu, afetadas pela crise económica e pela emergência de saúde gerada pelo Covid-19.

O donativo entregue através da Gobernación de La Guajira consta de 240 000 litros de água potável, máscaras, viseiras e alimentação de primeira necessidade. 

Os donativos de materiais médicos foram distribuídos nos hospitais de Maicao e Uribia e a água potável foi distribuída à razão de 10 000 litros para cada uma das 24 localidades que se encontram na zona de influência dos projetos Alpha e Beta, desenvolvidos pela EDPR na zona. 

Este donativo está integrado nos mais de € 800 000 em ajudas na luta contra o Covid-19 anunciados em inícios do mês. Desta forma, estão a ser financiados projetos nas comunidades locais na maioria dos mercados nos quais a EDPR está presente, para ajudar a minorar os efeitos do coronavírus.

João Manso Neto, CEO da empresa, destacou: "Atravessamos um período extraordinário que afeta todas as pessoas do mundo, um momento que exige de nós responsabilidade como membros solidários de uma sociedade que está a sofrer uma crise sem precedentes. Na EDPR dedicamo-nos sempre a dar apoio local, não só com a vocação de transformar o setor energético, como também de contribuir para melhorar as condições de vida das comunidades nas quais estamos presentes".

Em 2019, o Governo colombiano, através de um leilão, adjudicou à EDPR dois contratos de 20 anos para a construção de parques eólicos. Os contratos referem-se aos projetos de energia eólica terrestre Alpha (212 MW) e Beta (280 MW) que a EDPR está a desenvolver atualmente e cuja exploração comercial está prevista para 2022.